Astronautas e Ovnis

Capsúla espacial é acompanhada de perto por UFOS na reentrada da atmosfera terrestre.

O Juno II, foi um foguete Norte americano, usado no final da década de 50 e no início da década de 60. Ele era derivado do míssil Jupiter, usado no primeiro estágio Em setembro de 1964, um foguete Juno II foi lançado pela Agência de Mísseis Balísticos do Exército Cabo Canaveral, Florida. O Cientista alemão, Dr. Wernher  Von Braun foi atribuído a esta agência em Huntsville,  Alabama. O que se falava no Cabo Canaveral era que o Juno II, que estava passando por testes a serem executados no escudo de reentrada. Ao retornar, a Cápsula foi acompanhada por "visitantes" que o seguiram na  reentrada da atmosfera terrestre.

ovini ufo

O Astronauta  Clark C. Mc Clelland pediu uma reunião com o Dr. Adolph Knothe, os cientistas seniores da NASA em seu escritório no Cabo Canaveral.

Foto: A ignição de Juno II (AM-19A). Juno II (AM-19) colocado com sucesso um satélite de física e astronomia, o Explorer VII, em 13 de outubro, 1959

 

Mc Clelland : 

Ele e eu tínhamos discutido sobre UFOs, o continente perdido de Atlântida, e outros temas estranhos antes da minha visita. Como eu entrei em seu escritório, eu perguntei se ele poderia verificar sobre o assunto que o Juno tinha sido seguido na reentrada da atmosfera por OVNIS. 

Ele disse, sente-se, Clark. E trancou a porta do escritório. Ele pegou uma foto que foi tirada atrás do Júpiter C e colocou-o sobre a mesa.  Eu estava vendo, e ele disse:

 

- O que o que você vê nesta foto, Clark? Eu disse a Capsula na reentrada e muitos outros veículos a seguindo. 

Dr Knothe:

 - Correto.   Outra inteligência estava monitorando nosso Juno . Você está olhando para essa "outra Inteligência",  vê como eles voam através da atmosfera da Terra observando nossa cápsula.

Engoli seco, quer dizer que .....?

Dr. Knothe:

- Sim, alienígenas estão nos observando muito de perto.

A Cápsula deixou um rastro bastante, semelhante a uma bola de fogo, uma vez que reentrou na atmosfera.  Notavelmente, os UFOs  se comportaram como se o atrito atmosférico não fosse um problema para eles .

Eu estava trabalhando em uma torre de lançamento quando o Dr. von Braun e outros ex-cientistas alemães estavam fazendo uma inspeção no local, perto  do Launch Pad 5. Eu tive a oportunidade de me apresentar a ele, Dr. Kurt Debus - Diretor do lançamento da Equipe ABMA no Cabo Canaveral e o Dr. Grune. Como o Dr. Debus andou à frente de von Braun , eu lhe perguntei: 

- Dr. von Braun, é verdade que um Juno II  que lançamos daqui tinha UFOS  acompanhando na volta à Terra? 

Ele olhou para mim com um pouco de surpresa e disse: "Jovem, sim,  nós tivemos esse encontro com um poder que parece ser muito mais avançado que a nossa tecnologia. Muito mais forte, assumimos, e desconhecido para nós. Aonde a sua base está localizada eu não posso dizer muito mais desta inteligência.. E, talvez, dentro de um curto espaço de tempo - alguns meses mais ou menos - vamos ser capazes de dizer mais. "

Eu fiquei de queixo caído quando ouvi essas declarações. Eu apertei sua mão e voltei para minhas atribuições. Mais tarde, eu iria saber que ele fez uma declaração semelhante ao visitar sua pátria na Alemanha. Eu, pessoalmente, retive esta revelação surpreendente por muitos anos devido ao meu maior respeito por este pioneiro do espaço.

fonte: http://www.stargate-chronicles.com/site/incidents/chasing-juno/

 

Voltar